Menina mimada – Parte III

Voltámos a sala e ficámos descontraidamente a conversar entre colheres de gelado. A música de fundo era a voz da bela Maria Brink e os acordes intensos dos In This Moment.
Ele estava no cadeirão e nós as duas no sofá da sala e após dose dupla do delicioso gelado de strawberry cheesecake, trocámos alguns olhares e ele levanta-se e fica de pé à nossa frente exibindo o seu caralho delicioso com o cockring. Sinto-me a salivar novamente.
Recostei-me num dos cantos para assistir a uma bela sessão de sexo. Ela abriu as pernas e ele colocou-se de joelhos em frente dela, puxou-a para ele pelas ancas e após passar os dedos na cona entra dentro dela fazendo-a vibrar.
Eu passo as minhas mãos nas coxas dela e aproximo-me dela, beijamo-nos lenta e suavemente enquanto ele a fodia e me excitava.
Ela diz-me agora só vês e afastou-o para se masturbar, contorcendo o corpo no sofá mesmo ao meu lado e com tesão no rosto. Uma visão cativante pela pose e pela postura.
Voltamos a trocar beijos e quando ela se levanta do sofá satisfeita eu fixo o meu olhar naquele caralho que ainda não tinha tido toda a minha atenção e dedicação.
Ele diz-lhe com satisfação
Agora vais ver o que esta menina consegue fazer
Eu coro um pouco, se ainda era possível corar, e com um sorrisinho tímido digo que quero muito.
Ela fica de pé poe trás do sofá onde estou sentada enquanto ele me começa a foder a boca. Entrado bem fundo na minha garganta. Gosto se sentir o gag, perder e recuperar o folgo e sentir os olhos bem húmidos imaginando como estaria a minha maquilhagem. Esperava que bem borrada das lagrimas e suor.
Ele empurra bem a minha cabeça para lhe engolir o caralho todo e oiço-a exclamar que o conseguia enfiar todo, boa menina!
Ele pergunta-me onde é que eu quero que ele se venha… eu respondo menina… na minha cara! Como eu gosto.
Ela coloca-se ao lado dele e eu continuo a chupá-lo todo e ao olhar para cima vejo-os dois a olhar para mim com ar satisfeito. Sinto-me tímida principalmente por me exibir a ela mas tendo contrariar essa retração e cuspo-o bem e olho novamente para eles, orgulhosa.
Ele diz-me para abrir a boca e ela bate-lhe uma até ele se vir na minha cara e boca.
Ahhh relaxo o corpo e deixo-me cair para trás no sofá, vendo-os olhar para mim com o gosto de terem satisfeito a sua menina.
E satisfizeram sem qualquer dúvida.

Deixar uma resposta