Citação

SEXTING COM A – PARTE VIII

Ela: Vou fazer uma pausa no café…
Ela: Preciso de ar fresco
A: Fraquinha não se pode puxar um bocadinho por ti
Ela: Podes e deves… puxar por mim…
Ela: Mas depois… como faço para parar de pensar
Ela: Em ti a comeres-me por trás
A: Não paras…
Ela: Adoro pensar nisso
A: Vou-te comer
A: Vou-me vir tanto nessas mamas
A: Até o cu te lambo
Ela: Sim…
A: O botão de rosa
Ela: Quero que te venhas muito nas minhas mamas
A: Adorei enfiar-te os dedos no rabo
A: Estavas louca
A: Olha o que fomos descobrir
Ela: Eu gosto de anal… quando estou cheia de tesão…
A: Eu sei minha puta
A: És a minha puta
Ela: Gosto que me chames puta
Ela: É sexy
A: Sexy és tu puta
A: Tive que olhar outra vez para elas
Ela: Já disse antes mas eu adoro as minhas mamas
A: Também eu
Ela: Gosto do tamamho
Ela: De serem empinadas
A: E axo q elas tambem gostam de mim
Ela: E dos mamilos grandes e espetados
Ela: Quando ficam rijos
A: Bons! hoje chupav-os
Ela: Sim elas tb gostaram de ti
Ela: Até da marca dos teus dedos

Nós e o mar – Parte II

O empregado regressa e trás o que tínhamos pedido, vejo que a minha companhia de almoço lhe faz um sinal e ele retira-se.

O ambiente era estranhamente calmo e comento isso com ele ao que ele responde. “Querida, tenho uma surpresa preparada para nós… o que achas se eu te dizer que estamos sós?”

Eu questiono:

“Sós? Como assim?”

Ele: “Sim, totalmente sós… tomei a liberdade de reservar este sítio para nós para as próximas horas, temos os nossos pratos lá dentro se preferires almoçar…”

Eu não sabia bem o que pensar… que situação inesperada e tão deliciosa!

Levanto-me e dou uma volta pela esplanada, espreito os vários ângulos e de facto apenas se ouvia o mar e as gaivotas… mais nada.

Debruço-me na esplanada e sinto-o a chegar até junto a mim…Ele coloca um braço na minha cintura e puxa-me pela anca para ele, sinto-o duro debaixo das calças.

Ele levanta-me a saia e aperta-me vigorosamente o rabiosque e com uma mão dá-me uma palmada. Eu não consigo conter o suspiro de prazer!

Pergunta-me “Queres que continue?” e eu respondo

“Sim…claro que sim!”

Ele segura-me pela mão e leva-me até uma mesa, senta-me lá e beija-me com intensidade ao mesmo tempo que com as mãos afasta as minhas cuecas já molhadas, passa os dedos pela boca e suavemente enfia primeiro um dedo e de seguida outro!

Quando eu já estou completamente rendida, ele tira-me as cuecas e abrindo bem as minhas pernas baixa-se e de joelhos devora a minha cona enquanto me continua a penetrar com os dedos… Uma delícia! E que orgasmo tão intenso!

Tudo parecia surreal e ao mesmo tempo não queria que acabasse!

E não ia acabar… ele tinha mais para me dar!

Beijou-me e eu senti o meu sabor… aquele salgado que eu conheço tão bem!

Disse-me “Posso?” e virou-me de costas agarrando a minha anca vigorosamente e penetrou-me ora intensamente ora devagar. Entrava e saía de dentro de mim, ficando momentos a acariciar as minhas coxas e o rabo. Isso estava a deixar-me louca… disse-lhe perdendo toda a timidez

“Fode-me com força!”

Ele responde “Estava à espera que te soltasses! Eu sempre soube como tu ias querer ser fodida”

Aquela convicção não deixava de me surpreender… como saberia ele o que mais me agradava? Fodeu-me com intensidade até ao gemer

“Ahh vou-me vir”

O orgasmo foi intenso e deixou-me muito satisfeita.

Achava que todo o planeamento e dedicação para me dar aquele momento inesquecível merecia uma recompensa. Digo “Mete-o na minha boca! Quero-te chupar todo!”

Meti a sua pila bem rija na minha boca, cheia do meu sabor, e dediquei-me a retribuir, enfiei-o bem fundo na minha garganta… e fixei-o enquanto sentia os meus olhos a ficarem molhados… É uma tesão inexplicável e receita certa para dar é um intenso e grande orgasmo!

Ele faz-me sinal que se vai vir e retirei-o da minha boca e com suavidade dei os toques finais até começar a sentir o líquido quente e espesso nas minhas mamas.

Ele puxa-me para cima e beija-me… e diz-me carinhosamente “Foi tudo como imaginei. Obrigada por seres uma mulher especial! Vamos então almoçar e trabalhar?”

Virei-me para o mar e inspirei fundo. Seria tudo um sonho?

Ilustrações:http://apolloniasaintclair.tumblr.com