Agora é a vez deles…#1

Eu sou bastante profissional no meu dia à dia, e não gosto de misturas com clientes mas desta vez não resisti.
A equipa estava a terminar um trabalho numa cliente que estava presente e quando cheguei à obra senti-me observado de cima a baixo por aqueles grande olhos azuis.

Baixinha, cerca de 1,60m com sandálias, umas calças de ganga a realçar aquele rabo e um top justo branco com um bom decote a mostrar quão bem abonada seria ela de peito. Estava sem soutien e deu para verificar que tinha uns belos mamilos arrebitados.

Falo com a Doutora e ela responde sempre com sorriso, um toque aqui no braço outro ali nas costas e eu sinto-me intimidado mas ao mesmo tempo a ganhar uma vontade de a agarrar.

Ela nunca me deixou só e puxou diversas conversas até chegarmos a uma viagem que fiz no ano passado a Ibiza, questionando diversos pormenores dessa viagem.

Terminando os trabalhos vim embora com o meu pessoal e agradeço tudo e ela agradece por todo o serviço prestado, despeço-me e saio.

Mal saí manda-me uma sms a dizer que qualquer coisa que necessite que é só pedir e a agradecer novamente o serviço prestado. Aproveitei a dica para dizer que fazemos tudo para deixar o cliente satisfeito.

Ela aproveita-se da deixa e diz que faltava qualquer coisa para ficar totalmente satisfeita. Foi a dica e marcámos para domingo tomar café.

Fui apanhar a Doutora num determinado local e ela aparece de mini saia, top justo, saltos altos, lábios pintados e cabelo arranjado.
Pego-a de seguida e mal entra agarrámo-nos e beijámos-nos…beijo húmido naquelas lábios carnudos com um toque suave de língua…algo quente, sensual e hot.
Enquanto a beijo aproveito-me e meto a mão no meio das pernas…vinha sem lingerie.

Adorooo

Estava toda molhada! Disse-lhe ao ouvido:

Safada…já vinhas com isto planeado e ela sorriu…e perguntei onde vamos…e ela para um hotel mais próximo…

Faço uma reserva no Booking e siga direção ao hotel.
Sorrisos, brincadeiras e boa disposição, entramos no hotel como um casal.
Fomos para o quarto e mal entrámos encostei-a à parede, prendo-lhe as mãos e beijo-a intensamente.
Retiro-lhe o top e ela tira-me a tshirt.

Ela abre-me o cinto e eu abro o fecho da saia. A saia cai e ela baixa-me as calças e os boxers em simultâneo e começa-me a chupar todo de forma gulosa pois ela encontrou-me já bem teso…pronto para foder toda!

Ela devora-me, quase que o consegue enfiar todo na boca. Chupa e lambe enquanto me agarra nas bolas e estimula.
Levanto-a e encosto-a à parede, Beijo-a e vou descendo, pescoço, peitos e lambo bem os peitos. Tem uns mamilos grandes e liberta um gemido quando a minha língua passa por eles….hummm

Continuo a descer, a beijar a barriga até chegar à cona dela e aí sopro e beijo à volta, virilha e abdómen até começar a lamber o clitoris e a chupar aquela cona a escorrer na minha boca.

Coloco uma perna dela sobre o meu ombro e começo chupar intensamente, ela agarra-me na cabeça e força mais também. Enfio um dedo e ela geme, de seguida dois dedos e ela geme mais.
Entretanto ela liberta um gemido mais alto e vem-se na minha boca….hummmm tão bom, adoro sentir o sabor de uma cona molhada a escorrer para mim.

Subo e ela beija-me! Agarro-a e atiro-a para a cama, está ali desarmada e indefesa com aquela cona rosada a olhar para mim.
Coloco o preservativo agarro-lhe as pernas

E vem para mim!

Começo a brincar na cona dela com o meu pau, a enfiar aos poucos e ela geme cada vez mais. Fui aos poucos até conseguir entrar praticamente todo.
Sinto que já toco no fundo dela e ela geme muito! Então começo a fodê-la toda, com mais força mas sem nunca a magoar ou forçar, sempre até ao fundo.

Consigo ouvir a cona dela a libertar orgasmos, a fazer charco e ela a pedir mais e mais! Para não parar.
Após foder de frente meto-a de 4 e em pé junto à cama enfio-lhe o meu pau todo teso, depois de trocar de preservativo novamente pois aquele já podia romper visto que estávamos ali algum tempo a foder, e como-a de 4.
Abro-lhe aquele rabo e vejo aquele cu aberto e eu a foder-lhe a cona. Puxo-lhe o cabelo e ela nota-se que estava a gostar de levar umas palmadas no rabo pois gemia mais.


Agarro o cabelo e peito e vou a fundo, ela foge com o corpo e percebo que a magoo e não faço mais isso. Pergunto-lhe se posso comer o cu e ela diz que não vai aguentar o meu pau, para tentar numa próxima.
Então viro-a e como-a de frente e ela pede-me para lhe dar leite no peito.

Quero que te venhas todo para mim
Vá vem-te!


Então decidi vir-me e tiro o meu pau da camisa e venho-me para a cara e peito dela enquanto ela me bate uma. Liberto um gemido bom e ela sorri com leite na cara, na boca e no peito a escorrer por ela.
Deixa-me relaxar um pouco e vamos ao banho juntos, damos banho um ao outro, com carícias, risos e brincadeiras.
Vimos para cama e abraçamos-nos, ela diz-me que estava mesmo a precisar disto, que lhe fazia falta e que foi top.

Disse-lhe que ainda não tinha acabado iamos relaxar e que íamos a outro round.

Caso queiras partilhar a tua história contacta-me nos comentários

XOXO