QUARTO 311 – PARTE II

Passa a sua língua de baixo para cima mais umas vezes e volta a foder-me com os seus dedos. Penetrando-me fundo e com força durante algum tempo, mantenho o meu rabo empinando até sentir aquele formigueiro a subir! A sua dedicação era exemplar. Vou-me vir! Aperto as coxas com os dedos dele ainda dentro de […]

Quarto 311 – Parte I

Após uma inspiração profunda, envio a mensagem como combinado. Estou aqui no corredor em direção ao quarto Ele: Não te vejo! Quarto 311 Mas… É onde estou… Vês! Ele: Mas eu estou no corredor com a porta aberta e não te vejo Trip, quarto 311! Ele: Não… Tivoli! Bolas, quer dizer q estou no hotel […]

UM DIA NA VIDA DE UMA MASSAGISTA – PARTE II

Já volto, vou-me preparar! Digo, enquanto me afasto até à ao hall de entrada do quarto. Comecei a despir-me escondida e a mostrar as peças que estava a tirar para depois as atirar para uma cadeira. O objetivo era fazer um tease e deixar-me confortável. Dei um salto rápido na casa de banho para ver […]

Um dia na vida de uma massagista – Parte I

O belo, jovem e alto cavaleiro da Dinamarca ia regressar a Portugal após as festividades natalícias na terra natal e teríamos finalmente o nosso encontro. As conversas eram picantes e promissoras apesar de o inglês ser por vezes uma barreira na dirty talk, pelo menos para mim. Mas parecíamos alinhados, ele gostava de dominar e […]

INTERNATIONAL FUCK – PARTE II

Costumo dizer que no que toca a sexo sou um pouco básica: gosto de homens (ponto final), de vários formatos, cores e feitios. Este rapaz, para além de ser bem-parecido e atrevido, prometeu-me um squirt logo na 3ª sms de engate… Como resistir? Na minha cabeça o filme já estava a rolar e decidi fazer […]

Ele tem tatuagens – Parte II

No dia seguinte enviei uma mensagem a dizer como estava vestida: Vestido preto com padrão, decote generoso e sandálias altas amarelas. Fui até ao ponto de encontro um pouco nervosa e esperei. Olhei em todas as direções a tentar adivinhar quem seria o meu parceiro de loucura. Apenas sabia que tinha um braço todo tatuado… […]

ALMOÇO NA CAMA – PARTE III

Com minhas coxas afastas tinha a minha cona completamente exposta e estava desejosa de ser tocada quando o sinto a avançar para mim e sou penetrada lentamente, senti que não era a sua pila mas a sensação era boa. Ao fim de algum tempo disse-lhe que queria ver: “Tira-me a venda… quero tanto ver.” Aí […]