Vídeo

THE ART OF KISS

Já tem uns bons anos mas sempre me surprende cada vez que vejo este video. O sincronismo perfeito entre a batida da música e o beijo torna-o extremente erótico sem haver nudez nem sexo. É puramente hot o acto em si, o beijo.

Um bom beijo é intenso e íntimo.

Aquele momento que antecede o beijo, em que se sente o formigueiro nos lábios, e que sendo prolongado com a negação do beijo rápido e imediato torna a sua concretização mais explosiva.

Adoro especialmente a forma como ela o agarra a passa os dedos pelos lábios e boca, como o segura no pescoço e olha nos olhos. Existe de facto uma diferença em beijar e ser beijada.

Num bom beijo, mais do que a língua, é o toque nos lábios, o toque no corpo, o toque no pescoço, o toque da pele na pele. Todos nós somos sensoriais e num beijo tudo se intensifica

O final é um culminar, um êxtase seguido de beijos suaves e mimo em que se sente a libertação do desejo a cada respiração acelerada.

Disclosure – You & Me (Flume Remix)

I’m a sucker for kisses

Vídeo

Hey girls!

Hey girls!
Atrevo-me a dizer que este vídeo é para as leitoras!
Claro que se algum homem/mulher apreciador de coninha quiser apreciar uma mestria, será sempre bem vindo!

Fiquei completamente a salivar e a apertar com força as minhas pernas…
O tipo é fit mas até nem é esse o cerne da questão… aquela língua e aqueles movimentos são qualquer coisa tipo arte!

Agora digam-me
Put that Pussy in my face
HOT or NOT?

Vídeo

Ode ao minete

Só com o passar dos anos é que tenho desenvolvido o gosto por ser bem lambida. A minha atenção tem a tendência a ser focada no chupar e por vezes não me entrego ao belo prazer de receber um bom minete.
É algo que tenho mudado até porque sei que assim como eu gosto de fazer um bom broche, o parceiro também gostará de me lamber todinha.

A palavra minete não me satisfaz plenamente… que outras opções existem?

Entretanto, hoje descobri esta música já de 2002, que é verdadeira Ode ao Minete!

All you ladies pop your pussy like this
Shake your body: don’t stop, don’t miss
All you ladies pop your pussy like this
Shake your body: don’t stop, don’t miss
Just do it, do it, do it, do it, do it now
Lick it good, suck this pussy just like you should
Right now, lick it good
Suck this pussy just like you should

[Hook]
My neck, my back
Lick my pussy and my crack

[Verse 1]
First you gotta put your neck into it
Don’t stop, just do it, do it
Then, you roll your tongue
From the crack back to the front
Then you suck it all til I shake and cum, nigga
Make sure I keep busting nuts, nigga
All over your face and stuff

Slow head, show me so much love
The best head comes from a thug
The dick good: thick, big and long
Slow thumping til the crack of dawn
On the X, making faces and stuff
Through the night, making so much love
Dead sleep when the sun comes up

[Hook]
My neck, my back
Lick my pussy and my crack

[Verse 2]
You might roll dubs, you might have G’s
But fuck that, nigga: get on your knees
A bitch like me moans and screams
“Thug Misses” know what I mean
At the club, so fresh, so clean
Hoes hate and niggas watching me
So high in the line on green
With a unit on my face, so mean
I got to pick which nigga I need
Cause only thug niggas satisfy me
You try me, I’ll make you see
You bitches ain’t got shit on me

[Hook]
My neck, my back
Lick my pussy and my crack

Vídeo

La Petite Mort

La petite mort (French pronunciation: ​[la pətit mɔʁ], the little death) is an expression which means “the brief loss or weakening of consciousness” and in modern usage refers specifically to “the sensation of orgasm as likened to death”

Sigo atentamente o trabalho da @tinamariaelena no instagram com toda a atenção e há algumas horas pude deliciar-me com esta excelente obra feita em exclusivo para cover do novo single de uma banda.
Investigando mais a fundo a caption do post descubro o teaser de um filme que teve a sua estreia hoje no Porn Hub e que acompanha a nova musica da banda KING 810 com o nome altamente sugestivo La Petite Mort.

A banda sonora e as imagens a preto e branco são de uma intensidade fora de série. Uma orgia com uma beleza quase misteriosa. O filme é para ser visto e revisto com o som alto para que toda a experiência se torne mais intensa.

Curioso é que apenas há uns dias atrás tinha conhecido a expressão fascinante La Petit Mort.
Podem conhecer e comprar as obras da artista na sua Webshop

Vídeo

Monday mood

Nova semana cinza a precisar de um pouco de cor?
Hoje partilho um vídeo que me deixa a ferver e me faz mexer na cadeira enquanto aperto as pernas. Quando dou por mim estou a passar a língua pelos lábios entreabertos e a desfilar pensamentos marotos na minha cabeça.
E tudo isto sem sexo nem nudez.

Wet and messy fetish (WAM), also known as sploshing, is a form of sexual fetishism whereby a person becomes aroused when copious amounts of a substance are applied to the naked skin, face, or to clothing.

Vídeo

#noresolutions

Ainda na ressaca do novo ano, encontro este vídeo que me surpreende e me deixa de sorriso rasgado na cara.
Espero que as mulheres que o vejam fiquem com a mesma sensação! Naughty!
Já os homens… parece-me que também vão apreciar a sugestão com classe, como eu gosto.

É da Arcane Galery, uma loja/conceito de Luxury, Sexuality and Art

Arcane Gallery – #noresolutions from Arcane Gallery on Vimeo.

Vídeo

Million Reasons

Não sendo a maior fã da Lady Gaga tenho que reconhecer que a sua capacidade de se reiventar é extraordinária.

Esta balada é poderosa e toca-me porque por vezes traduz como me sinto, pois nem tudo o que luz é de facto ouro.
E como é o mote de uma grande amiga “Eu sou o que sinto. E sinto muito.” Sempre.
Acho que é isso que me torna na mulher intensa que sou e é assim que quero continuar a ser.
E adoro o fedora rosa que ela usa 😉
*Posts sobre sexo seguem dentro de momentos*

You’re giving me a million reasons to let you go
You’re giving me a million reasons to quit the show
You’re givin’ me a million reasons
Give me a million reasons
Givin’ me a million reasons
About a million reasons

If I had a highway, I would run for the hills
If you could find a dry way, I’d forever be still
But you’re giving me a million reasons
Give me a million reasons
Givin’ me a million reasons
About a million reasons

I bow down to pray
I try to make the worst seem better
Lord, show me the way
To cut through all his worn out leather
I’ve got a hundred million reasons to walk away
But baby, I just need one good one to stay

Head stuck in a cycle, I look off and I stare
It’s like that I’ve stopped breathing, but completely aware
‘Cause you’re giving me a million reasons
Give me a million reasons
Givin’ me a million reasons
About a million reasons

And if you say something that you might even mean
It’s hard to even fathom which parts I should believe
‘Cause you’re giving me a million reasons
Give me a million reasons
Givin’ me a million reasons
About a million reasons

I bow down to pray
I try to make the worst seem better
Lord, show me the way
To cut through all his worn out leather
I’ve got a hundred million reasons to walk away
But baby, I just need one good one to stay

Hey, ehh, ehh, eyy
Baby I’m bleedin’, bleedin’
Stay, ehh, ehhy
Can’t you give me what I’m needin’, needin’
Every heartbreak makes it hard to keep the faith
But baby, I just need one good one
Good one, good one, good one, good one, good one

When I bow down to pray
I try to make the worst seem better
Lord, show me the way
To cut through all his worn out leather
I’ve got a hundred million reasons to walk away
But baby, I just need one good one, good one
Tell me that you’ll be the good one, good one
Baby, I just need one good one to stay

Vídeo

She’s Bad…

Real bad!

Wait and see!

Vídeo alucinante que acompanha uma música hipnotizante.

Ela é linda mas muito má! É coleccionadora de… vejam!

DyE ft. Egyptian Lover – She’s Bad

Sobre

Outlandish Parisians Dent de Cuir Cut Up a Cautionary Tale of Seduction !

“It is about a girl, a bad one, who’s too sexy for human beings,” says wunderkind French producer Juan de Guillebon, AKA Dye, of his latest music video for, “She’s Bad,” a track featuring the vocal stylings of west-coast rap legend Egyptian Lover. The short sees temptress Aude Auffret saunter round a tiki bar setting, her face replaced with library footage cuttings of wildlife and fizzing volcanic springs, Altered States-style. “We were looking at John Stezaker’s layered, peel-away collages, and referenced a book of tattoos and how they sit on the body,” say filmmaking duo Jean-Philippe Chartrand and Benjamin Mege, who have created color-splashed animated works for Modeselektor and compatriot beat-freak Sebastian under their moniker Dent de Cuir.

Directed by Dent De Cuir
Produced by Excuse My French / Premiere Heure & Tigersushi

www.dentdecuir.com