Discurso direto…#1

2015

Ohh boy *suspiro*

Sabem aquela altura do ano em que mesmo sem querer fazemos um balanço do que foram os últimos 12 meses, do que nos propusemos a fazer e do que realmente fizemos? Estou nesse mood.

Posso olhar para trás e sentir que este ano me diverti, assumi e alcancei objetivos, realizei fantasias, fiz amigos e amigas e tentei viver cada dia da melhor forma possível.

Foi sem dúvida o ano em que decidi viver a minha vida como uma aventura e em que ganhei coragem para desenvolver a minha personagem, ousar e lançar este blog em Março.

Descobri que consigo escrever facilmente, eu pessoalmente adoro o resultado, e que consigo transmitir bons momentos a quem em lê (mais de 5.000 visitas é excelente!!). Obrigada por todo o feedback.

Descobri fóruns de sexo, o tumblr e o Tinder, vivemos mesmo numa era sem igual que torna tudo sem dúvida mais rápido e intenso.

Descobri um pouco mais sobre o que gosto no sexo, o que me excita e quais os limites que quero testar.

Descobri que como eu há mais homens e mulheres que procuram emoções fortes e realização sexual. Foder não tem que ser complicado e experimentar é sempre bom.

Àquela amiga especial que vibra com as minhas histórias e me ajuda na gramática, deixo uma dedicação especial e um grande beijinho e uma certeza de que fará sempre parte desta história.

Venha 2016 cheio de diversão e tesão!

Se me quiserem colocar questões ou dar feedback usem os comentários e eu prometo tentar responder o quanto antes!

 

19 thoughts on “Discurso direto…#1

    1. Obrigada! É um prazer saber que sou apreciada em algo que me dá tanto gosto fazer.
      Boas entradas para ti também. Gosto das várias formas, tudo depende do mood 😉

  1. Desejos de um Excelente Ano, um ano de muitas e boas vivências….
    Haverá lugar para mim numa dessas vivências?
    Beijo

    1. Excelente Ano para ti também! Vivências boas espero que não me faltem. Sobre um lugar para ti… who knows? Pode ser que um dia nos encontremos 😉
      kiss

  2. “…Tens o poder de me fazer alucinar
    Tu sabes bem que eu tenho
    Vontade de te amar
    Não sei como podes duvidar
    Não tenha medo de me agarra
    Toca em mim e me aperta
    Me a massa uhm uhm
    Assim não da tou a gostar
    Não consigo me controlar…”

    1. “…Dança comigo
      Me tira do sério
      Faz o que eu te digo
      Estou a falar a sério
      Me encosta no canto
      Chega mais perto
      Me agarra desse jeito
      Meio atrevido
      Tu sabes que eu gosto do teu jeito..”

Deixar uma resposta