Jogo de Damas – Parte I

F: Estava a ler o teu blog
F: Aquele episódio num provador
F: Com um estranho
F: Foi contigo?
Ela: claro
F: Adoro
F: Quase perfeita a fantasia
F: Só retirava a chuchada de escolher roupa
F: Adoro stranger fantasies
F: Mas sem dizer nada
F: Cinema
F: Chegas primeiro
F: De saia
F: Entro quando já tiver começado o filme
F: Sento-me ao teu lado
F: E começo-te a comer sem dizermos nada
Ela: já fizeste isso?
Ela: Esta foi a minha primeira vez assim num provador
F: Não
F: Já fiz do género
F: Esta não
Ela: É gira
F: Já fodi no cinema
Ela: No Cinebolso? lol
F: Mas com uma namorada
F: Não
Ela: Então e andas à caça de carne fresca?
F: Fiz num cinena no centro da cidade!
F: Hahaha
F: Ando. Tu?
Ela: claro
Ela: Gosto da adrenalina das coisas novas
Ela: E de testar limites
F: Que fazes hoje à tarde?
Ela: trabalho
Ela: Mas…
Ela: O que tinhas em mente?
F: Cinema.
F: Fiquei com tesão só de te descrever
Ela: Que tentação
F: Estas de saia?
Ela: O tal cinema é mesmo pertinho de mim
Ela: Estou sim…Saia e meias de liga
F: A que horas é o teu almoço?
Ela: As always
Ela: Pode ser agora
Ela: Estás perto?
F: Estou
Ela: És um caçador implacável
Ela: Sinto-me uma presa indefesa
F: Jogo de Damas. Cinema. 1.30.
F: Compra bilhete e senta-te atrás
F: Longe de toda a gente
F: Combinado?
Ela: Estou tentada
F: 😈
F: Bora
F: É uma aventura
Ela: Sem dúvida
F: Fechado?
Ela: Vou alinhar
Ela: 😈
Ela: vou agora até lá
F: Até já
F: 🙂
Ela: Já viste se esta sessão é mesmo a essa hora?
F: Já
F: 13.30
Ela: Ok
F: A caminho
Ela: Me too
Ela: Nervoso?
F: O suficiente para ter graça
Ela: Bom, já tenho bilhete
Ela: Vou entrar na sala
Ela: 😈
F: Good girl
F: Ótimo
F: Diz-me se tem muita gente
Ela: Sou a única até ao momento
Ela: Penso que está uma senhora lá fora, com ar de reformada
Ela: E deve vir a esta sessão
F: Desde que se sente mais à frente, estamos na boa
Ela: Era azar sentar-se ao nosso lado
Ela: Ah ah
Ela: E tu estás dentro do horário?
F: Sim, entro depois de começar o filme
Ela: No escuro?
Ela: Tira uma foto agora, quero ver-te
F: Olha que tem muito mais graça assim
Ela: Hmmm
F: Sem termos a certeza como o outro é
Ela: Please
Ela: Eu sou a da foto
Ela: Mas hoje de báton vermelho
F: Eu também sou o da foto
F: De cachecol vermelho
Ela: Com ou sem barba?
F: Com
Ela: Sou tímida…
Ela: Não vais acreditar… velha sentou-se ao meu lado
Ela: Ah ah
F: Atrás?
Ela: Levantou-se para atender o móvel
Ela: Ah ah
Ela: Tenho uma fila atrás ainda
Ela: Mas quer dizer que ela vai voltar e sentar-se perto
Ela: Ohhh noooo
F: Deixa entrar toda a gente é já vemos
Ela: Outra velha na fila de trás
Ela: Estou a entrar em pânico!
F: Controlaram o bilhete na entrada da sala?
Ela: Nop
Ela: Sentas-te onde queres
Ela: Estamos 3
Ela: Eu e as velhas
Ela: Quando chegares avanças para o centro da sala
Ela: E eu sigo-te
F: Ok
F: Senta-te lá à frente
F: Num canto
F: O mais discreto que arranjares
Ela: Deixa apagar a luz
Ela: E mudo de lugar
Ela: Sim?
F: Sim
Ela: Estou do lado esquerdo
Ela: Mais à frente
Ela: Na ponta da fila central
Ela: E uns velhos a chegar para a fila de trás…
Ela: Estou a morrer
Ela: Ah ah ah
F: Ok
F: 5 minutos
F: Quando a sala escurecer, vais levantar-te
F: E sentar-te na fila de trás à esquerda
F: Na ponta contrária da entrada
Ela: Ao fundo da sala?
F: Sim
F: Cá atrás
Ela: Já entraste?
F: Não
F: Deixa o lugar da ponta para mim
F: À tua esquerda
Ela: Ok
Ela: Vou para outro lugar agora
F: Tira o casaco
Ela: Estás a ver-me?
F: Muito bem
Ela: Que jogo
F: És uma putinha bem comportada
F: Gosto disso
Ela: Sim sou
F: Começa a tocar-te
Ela: Não sei se consigo
F: Discretamente
Ela: Estou nervosa
F: Ninguém te vê
F: Só eu
Ela: Onde estás?
F: Cá à frente
F: Não me consegues ver
F: Mas eu vejo
Ela: Isso deixa-me nervosa
F: Não estejas
F: É só um jogo
F: 🙂
Ela: Não vens ter comigo?
F: Vou claro
F: Daqui a nada
F: Tira as cuecas.
Ela: Não consigo…A saia é justa
F: Levanta-a
F: E deixa-a levantada
F: Muito bem
F: Agora toca-te
Ela: Vês as mamas
F: Não
F: Estás a tocar-te?
Ela: Tenho as mãos frias
F: Eu estou
F: A tocar-me a ver-te
Ela: Estou a passar as mãos pelo peito
Ela: Os mamilos estão rijos
F: Isso
F: Também estou rijo já
F: Com ela de fora
F: Estás pronta para a engolir toda?
Ela: Não sei…
F: Não?
Ela: Estou exposta
F: Eu estou
F: Baixa a saia
F: Vais-te levantar discretamente
Ela: E…
F: Andar 3 metros para a tua direita e entrar para trás dessa cortina
Ela: Não consigo!!
Ela: Estou a bloquear
F: Consegues sim
F: 🙂
F: Anda
Ela: Estas ai?
F: Estou
F: Com ela de fora à tua espera
Ela: Não sei…
F: Anda
F: Quero essa boca
Ela: Estou nervosa
F: Eu também…
Ela: Está escuro aí?
F: Está muito escuro
Ela: Não te vou ver?
F: Vês
Ela: Isso está a stressar-me… Tudo sem ver
F: Olha para trás
Ela: Estou tão molhada

51ae9be4-d070-4210-85bb-68bb011b5ad6

Neste momento olho para trás, por cima do meu ombro e vejo uma mão a chamar-se por trás das cortinas. Se o meu coração já estava acelerado neste momento dispara.
Confesso que até aquele momento me passavam pela cabeça vários cenários e um deles é que ele não estava de todo naquela sala e estava simplesmente a brincar comigo. Quando pensava nessa hipótese acalmava e agora já não tinha esse escape.
Senti-me paralisada e sem saber o que fazer, devia levantar-me e ir ter com um estranho atrás das cortinas? Não é que fosse uma loucura assim tão diferente de outras do passado, mas o jogo estava a causar-me uma adrenalina que não me fazia pensar direito.
Racionalizei

Miuda! Estás por trás de umas cortinas de veludo, numa sala com uma dezena de pessoas, em plena hora de almoço, o que pode correr mal?

Deixei-me ficar quieta…

Continua

11 thoughts on “Jogo de Damas – Parte I

Deixar uma resposta